Twitter pode ser ferramenta, mas não símbolo de revolução

As redes sociais podem transformar um país e sua política? Talvez num futuro próximo, mas, agora, elas são apenas ferramentas utilizadas para divulgar informações e incitar parte da população. Os movimentos revolucionários nascem antes dentro da população e, consequentemente, vão parar nesse meio digital.

Recomendação de leitura:

– O Twitter só não faz revolução. Mas ajuda

Texto de Rafael Sbarai com edição de Jadyr Pavão publicado no site de VEJA.

PS.: A infografia localizada ao final do texto é baseada nos dados coletados por mim com arte/programação de Tiago da Silva Maricate.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *