Ideias para ajudar as vítimas das enchentes

Atenção: o texto abaixo foi publicado no blog Ah!Tri ne! e é de autoria de Dani Koetz. Se você puder, colabore, mesmo que espalhando a informação. Faça o que for necessário e possível para ajudar a confortar essas pessoas. Obrigado!

“No Rio de Janeiro e em São paulo, milhares precisam de tudo: água potável, alimentos, roupas, colchões, materiais de limpeza e higiene pessoal.

A internet, definitivamente, está tentando ajudar quem precisa. Diversas ações tentam buscar donativos para as instituições e divulgam locais de doação.

A primeira atitute internética que recebeu apoio oficial foi a do Marcel Dias e Morróida. Logo o Vakinha tornou o canal oficial com a renda revertida para o Viva Rio. Ajude aqui.

Também nesta tarde, sugeri neste post no Twitter, algo que acredito que seria lindo. Que os participantes da Campus Party, os mais de 6.500 inscritos, pudessem fazer mais que dar RT e postar. Explicando melhor a idéia:

1. A organização da Campus Party Brasil disponibilizaria um espaço para receber os donativos.

2. Algum patrocinador/marca se encarregaria do transporte e entrega dos donativos nas regiões atingidas em São Paulo e Rio de Janeiro. (Alô galera RP das marcas participantes e demais marketeiros envolvidos: Que lindo esses números num relatório hein? A marca de vocês envolvida numa causa coletiva. Pensem nisso e abracem a ideia.)

enchentepsvc Ideias para ajudar as vítimas das enchentes

Eu realmente acredito no poder das pessoas atrás do teclado para ajudar e tentar tornar um pouco mais digna a vida de todos os que foram atingidos. Conto com você!

Ajude divulgando, doando sem contar a ninguém, mas faça alguma coisa!

Obrigada de coração a todos que deram RT, aos que estão envolvidos de alguma forma em prol de quem precisa. Vocês são lindos!

Confira também as listas e demais informações em todas as cidades nos posts:

Politicamente IncorretoProjeto EnchentesJornal HojeSolidariedade nas Pick Ups.

Fico feliz em saber que o próprio Paco Ragageles, co- fundador da Campus Party (#cpbr4/ @CampuspartyBRA) , também já se solidarizou. Acreditamos na tua força para viabilizar a ideia.”

2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *